Vera Jacobina

Nas nossas diferenças, nos encontramos.

Textos


A GRATIDÃO DA FORMIGUINHA

Entre duas folhinhas,
ela, a formiginha,
aguardava a chuva passar.

A cada pingo
era um choramingo,
da coitadinha.

Por ser pequenina,
a formiguinha menina,
estremecia de tanto frio.

Um pingo daqueles,
dava para um banho
com bastante sabão.

De repente,
uma pétala,
cai sobre seus ombros.

Deixando-a aquecida,
e ela toda agradecida,
olha para a rosa e sorrir.



 
Vera Jacobina
Enviado por Vera Jacobina em 09/10/2016
Alterado em 09/10/2016

Música: SAMBA DE UMA NOTA SÓ - TOM JOBIM



Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras