Vera Jacobina

Nas nossas diferenças, nos encontramos.

Textos


BANHO DE CHUVA

Era um banho,
um banho diferente,
banho de chuva!
Que molhava o rosto
ensopava os cabelos,
e levava embora,
toda aquela agonia.
Lavava até a alma,
e com ela
a linda recordação,
amenizava a dor do coração.
Molhava a face,
e o escorrer da água,
confudia, e já não sabia,
o porque daquela agonia.
Fechou os olhos,
e aproveitou bastante,
aquele instante.
Estava feliz!
Quando de repente,
e para sua surpresa,
foi surpreendida
com um beijo,
um beijo molhado,
que não dava
para esquecer.
Aquela sensação
jamais passou,
e toda vez que chove,
olha a rua,
e ainda sente,
aquele beijo molhado.







 
Vera Jacobina
Enviado por Vera Jacobina em 11/11/2016

Música: Águas de Março (Waters of Marc - Elis Regina



Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras