Vera Jacobina

Nas nossas diferenças, nos encontramos.

Textos


O BEIJA-FLOR ENCANTADO

É um espetáculo,
o beija-flor encantado.
Da janela
fico extasiada
a contemplá-lo.

Só aparece de vez em quando,
e assim mesmo rapidamente.
Nem dá tempo
de definir sclaramente suas cores
que brilham tanto.

É um verde,
misturado com um azul dourado,
e naquele bico fino esticado,
um marrom escuro brilhante,
nas pontas das penas o vermelho se sobressai...

És o beija-flor encantado,
que plaina no ar
e some  em poucos segundos,
só reaparecendo, sempre,
na próxima e perfumada primavera.

Deveras,
o encanto se dá,
por conta do aroma
que exala das flores,
deixando-o brilhante.

Agora, é só esperar
pela próxima estação das flores,
quando ele surgirá novamente,
nos trazendo alegria,
e dissipando a nostalgia,
que todo ano,
deixa no ar.
Vera Jacobina
Enviado por Vera Jacobina em 08/01/2017

Música: CUCO - FERNANDO PELTIER



Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras